Quinta-feira, 3 de Julho de 2008

Cudelaria

É tão importante segurar, com firmeza, as rédeas de um cavalo, assim como importante é, ter a mesma firmeza para segurar as rédeas da nossa vida.

Mas no fundo que raio significa isso? Pois, também não sei. E muito sinceramente não estou muito preocupado com isso, mas custa ver tanta gente que não se agarra com todas as forças ao seu cavalo.

Uma coisa é certa, ele nunca vai parar de dar coices, mas se o tentarmos domesticar, vai chegar o dia em que basta um assobio para que ele venha ter connosco.

E pronto, a partir daí podemos morrer descansados! Paz às nossas almas, assim na terra como no céu!

publicado por swashbuckler às 21:53
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De amandio de rialba a 13 de Julho de 2008 às 07:45
como não podia deixar de ser, arragar as rédeas do cavalo é como um soutien que abraça um par de seios.
ora então, amansar, finalmente, o cavalo é como acaraciar um par de seios já flácidos. mas, no entanto, se o cavalo for amansado mas der um ou outro coice, parece um par de seios ainda rijos que esperam a última trinca. de onde se retira que a idade do cavalo não se verifica nos dentes, mas sim no seu grau de domesticação. ou seja, um par de seios sem soutien são um cavalo sem rédeas. um freio está para um cavalo como um soutien para um par de seios. e um cavalo que responde a um assobio encontra paralelo no par de seios com silicone. do silicone, aproveita-se o vale, do cavalo um caminho prazenteiro pelo vale. e quem não gosta de um par de seios que responde ao assobio? psst, vem cá! já foste.
concluindo, entre um par de seios e um cavalo a relação poderá estar, também, nos pêlos. mas antes um cavalo que dá coices que um par de seios peludos.
logo, e não agora, mhhhhhh, tudo isto acaba por ser como um par de seios que encontra refúgio num corpete.

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

.Agosto 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Casas novas

. O Rei

. Diz o roto ao nú

. A quem serve o populismo?

. Um beijo de parabéns à UG...

. Portugal não é a Grécia e...

. 21 de Outubro: Orson Well...

. Decimatio

. Coincidências felizes

. Ah...a adolescência!

.arquivos

. Agosto 2016

. Janeiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Janeiro 2013

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds