Quinta-feira, 7 de Outubro de 2010

Toma lá que é democrático!

publicado por swashbuckler às 12:46
link do post | comentar | favorito
1 comentário:
De amândio rialba a 9 de Outubro de 2010 às 05:22
é democrático sim senhor, deixaste aí dois velhinhos a fazer crochet no seu alpendre a questionar tudo o que aconteceu depois do tempo em que ah! eram jovens ah! o mundo era tão bonito e tão certo e ah! as coisas estavam nos seus lugares e as pessoas sabiam ao que vinham antes de nascer uh! quem cá dera as glórias passadas eh! que estamos de costas para a história e oh! sebastianismo!

pois bem. a aquela vampa que apresenta os telejornais da sic noticias disse a enormidade: e os níveis de analfabetismo que são os mesmos (!!!!!) não sabia que nessa altura eram de 75% e que, mesmo que fizéssemos uma razão para o número de licenciados ou outra coisa qualquer, não nos aproximaríamos de um número daquela ordem.

no dias ós'pois, porque sou um jovem desta terra que se formou depois dos cursos profissionais e onde o 12º ano não ensina a fazer nada, o frei ventura vem com esta coisa do ensino. presumo que o conjunto de portugueses com a 3ª classe (sim, terceira, por algum tempo o ensino primário do tempo das escolas profissionais foi de 3 anos) saberiam muito mais. estavam claramente preparados para a sopa de cavalo de cansado e malhar milho na eira, o que constitui, aliás, a maior necessidade de portugal nos dias que correm. suspeito bem que um moço saído do 12º ano, mesmo q n saiba grande coisa, sabe um bocadinho mais. e também deve saber malhar milho na eira, precisa é de luvas.

entretanto, vem-nos com a história do submarino à porta da barraca. o que não é de estranhar, não fosse portugal um país com a maior zona marítima da europa e, dentro de algum tempo mediante as negociações que vão definir como se define o território marítimo de um país, uma das maiores do mundo. 3 submarinos chegam, ou são de menos?

a seguir: sebastianismo não diz o frei = ninguém nos vem salvar não diz o frei = portugal precisa é de líderes diz o frei.

e mais: os governantes não sabem o que andam a fazer. ponham os olhos na igreja que dão de comer a uns milhares de portugueses. tal como o subsídio de desemprego (mhhhh...quem o instituiu?), o rendimento mínimo (eh lá, será que os políticos que até nem são grande merda fizeram isto?), o sase da escola pública que dá refeições a uns quantos milhares também (oh! três coisas saídas dos ministérios? não estou em crer), pensões para aqueles senhores que não descontaram um escudo durante a vida mas que obviamente as merecem (está a ficar complicado. é que o propósito disto não é caridade, é respeito peloa dignidade humana de todos os cidadãos de um estado de direito, que deve ser esse tal sistema podre que tem que mudar segundo o frei ventura, que tb podia ser o frei boa ventura e a mão ser sousa e o pai santos) e, deixa cá ver se em 3 segundos me lembro de outra coisa...13º mês!!! subsídio de férias!!! salário mínimo!!! três coisas em três segundos...será que há mais? mhhhhh...eleições livres conta para o peditório? faculdades de ciências sociais para formar as pessoas que sabem história? mhhhh e o facto de termos engenheiros a dar com um pau em vez de gajos saídos da escola técnica? se calhar...e os politécnicos em cada capital de distrito (ai eu gostava tanto mais de uma emídio navarro em cada concelho...se calhar, uma em santa comba!)
será que chega? ou as manigâncias do poder da igreja passam para segundo plano e as da república (ou, melhor, de um estado democrático) são o seu pior vício?

mais haveria para dizer. nomeadamente o perigo que anda por essa europa fora de se chegarem À frente vontades de liderança e pia fora. já que eles falaram da primeira república, por acaso lembraram-se dos discursos sobre a liderança que de lá saíram? e dos 48 anos seguintes? e porque raio valorizaram tudo o que estava nesse interregno, paraíso com uma casa de banho para os lados do tarrafal, e se dedicaram a questionar tudo o que lhe sobeja no século xx? acaso lembraram-se, até! oh!, do holocausto em que a vontade de liderança e de significação e objectivo comum da nação pelo "bom coração" dos seus cidadãos redundou?

chega, basta! decadentismo com luz de esperança cristã, por favor, não!!!

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

.Agosto 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Casas novas

. O Rei

. Diz o roto ao nú

. A quem serve o populismo?

. Um beijo de parabéns à UG...

. Portugal não é a Grécia e...

. 21 de Outubro: Orson Well...

. Decimatio

. Coincidências felizes

. Ah...a adolescência!

.arquivos

. Agosto 2016

. Janeiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Janeiro 2013

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds