Segunda-feira, 17 de Agosto de 2009

Odeio

Odeio a justiça lenta.

Odeio as listas de espera de anos para fazer uma operação no SNS.

Odeio pessoas sem formação ética a chamarem-se "senhor deputado" na Assembleia da República.

Odeio o 8 e o 80.

Odeio o Isaltino Morais e outros autarcas que tais.

Odeio que o PSD e o PS sejam uma coisa na oposição e outra no governo.

Odeio que se fala em reforma da educação desde que me conheço.

Odeio o desprezo que se dá à cultura.

Odeio o suposto amor que temos ao futebol quando no fundo o que se anda a fazer é matá-lo aos poucos.

Odeio a pouca importância e valor que se dão a quem realmente fez alguma coisa de jeito neste e por este país.

Odeio que se ache que a música estrangeira é que é a melhor.

Odeio que o festival da canção já não tenha grandes músicos e compositores.

Odeio que vá toda a gente para o Algarve no verão.

Odeio que se fale mal do país aqui dentro mas que quando se viaja já somos os maiores.

Odeio o Pinto da Costa e toda a corja de "futeboleiros" que suportamos há dezenas de anos.

Odeio quem diz que "um Salazar em cada esquina é que era" e que "o Salazar foi muito bom porque nos livrou da guerra e nos tirou da bancarrota".

Odeio que haja uma enorme percentagem de portugueses que nem um livro lê durante um ano.

Odeio que tenhamos 3 diários desportivos, e pior, que mesmo que o Nélson Évora seja campeão do mundo, a primeira página seja sempre com uma lesão de um gajo que tenta jogar futebol.

Odeio a deterioração das linhas editoriais de quem manda nos media.

Odeio a enorme quantidade de lobbies e corporações num país tão pequeno.

Odeio que a música pimba ainda passe na TV.

Odeio que o Miguel Sousa Tavares e a Margarida Rebelo Pinto tenham uma quantidade enorme de best-sellers.

Odeio que quase não haja cinema português e que quando há ninguém vá ver só por ser português.

Odeio quem vota Bloco de Esquerda.

Odeio que não haja mais produtos portugueses nos supermercados e mercearias.

No fundo odeio isto tudo e mais algumas coisas, mas a única que não odeio mesmo é ser português! Infelizmente parece que cada vez é mais desprestigiante sê-lo. Pergunto-me até se vale a pena lutar pelo rectângulo ou se devo simplesmente fechar os olhos. Ou então emigro para a Austrália, sempre tenho a desculpa das horas de voo para não ter de vir cá aturar esta palhaçada toda!

 

publicado por swashbuckler às 01:09
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 3 seguidores

.pesquisar

.Agosto 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Casas novas

. O Rei

. Diz o roto ao nú

. A quem serve o populismo?

. Um beijo de parabéns à UG...

. Portugal não é a Grécia e...

. 21 de Outubro: Orson Well...

. Decimatio

. Coincidências felizes

. Ah...a adolescência!

.arquivos

. Agosto 2016

. Janeiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Janeiro 2013

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds