Quarta-feira, 17 de Junho de 2009

EU!

Sim, é verdade, sou bastante perfeccionista em tudo o que me proponho fazer. O problema é que uma das coisas que mais gosto de fazer é não fazer nada. Ultimamente ando a colocar em prática esta actividade e posso dizer que me tenho surpreendido com a quase perfeição a que consigo chegar.

É verdade o que se costuma dizer, que quem não faz nada ainda quer fazer menos.

Mas este ócio provocado por uma interrupção no trabalho (prefiro chamar-lhe assim em vez de desemprego) tem-me permitido praticar uma actividade que acho importante mas que me perturba bastante. Pensar!

Já falei neste blog sobre a importância do pensar, mas quando não se faz nada de nada pensamos em todos os temas possíveis e imaginários, morte, amor, sexo, futilidades, política, sociedade, o que fazer para jantar, quando se vai pôr o lixo na rua, etc.

Como bom perfeccionista tenho tentado pensar na direcção certa e com a qualidade exigida. Tenho realmente chegado a algumas conclusões que poderão mudar o curso da humanidade, os posts deste blog sobre pastas de dentes e papél higiénico são um bom exemplo disso mesmo.

Começo a dar-me crédito, o que é muito importante quando se tenta resolver os problemas do mundo. Em conversa com alguém dizia que me sinto cada vez mais capaz de ser um pequeno déspota neste pequeno país e depois, quiçá, no mundo. Mas não me interessa ser um déspota político e financeiro, quero ser um déspota de costumes, porque duvido que sejam muitas as pessoas com mais ética e moral neste mundo. Sim, no fundo tenho a firme convicção que sou um modelo de vida em sociedade, não pelo que pratico mas pelas palavras proféticas que saem da minha boca. 

Sinto-me capaz de decretar um novo código moral nestes tempos revoltos. Por isso se alguém se quiser informar sobre o caminho correcto a seguir, sigam-me, subirei ao cimo de uma montanha imponente e do seu cume discursarei para os meus seguidores. Espalharemos depois esta fé ética por todos os povos do planeta e seremos pessoas felizes.

Quero então desde já afirmar, que me sentiria muito mais confortável se começassem a tratar-me como realmente mereço, um sábio filósofo da vida terrena.

Obrigado! 

publicado por swashbuckler às 20:11
link do post | comentar | favorito
8 comentários:
De Raquel a 18 de Junho de 2009 às 02:08
Acho que esse teu ego sem tamanho chega a ser comovente. Não fosse ele, e acredito que darías um excelente líder. E mais - seguir-te-ía cegamente.
Agora dizes-me tu: um líder tem necessariamente de ter um ego de proporções ultrajantes. Discordo. Um líder tem sim de dar-se crédito (check), tem de saber tomar decisões, ter certezas e uma grande auto-confiança. Agora o ego... esse quando é demasiado grande faz sombra, e não deixa ver para além de nós próprios. E um líder tem de ver muito além de si próprio.

Quanto ao queres ser um déspota moral, é assustador. Porque isso dá ar de padreca, ditador com intehttp://serenaoser.blogs.sapo.pt/38335.html?mode=reply#replynções de Papa. Ao estilo do Botas. Creepy!

Porque é que não te ficas pela parte do filósofo da vida terrena, mas num estilo mais de bon vivant, dandy, ou se quiseres mais lusitano... toiradas, p... e vinho verde. E escreves sobre os amores e desamores, o tacho e o bom tinto que é isso que se leva desta vida.

Mas já agora... quando falas em pequeno déspotas isso inclui algum tipo de farda? É que ficarias imensamente bem numa daquelas fardas elegantes das SS, desenhadas pela Hugo Boss. Pensa nisso.
De JOAO D'ALBUQUERQUE a 21 de Junho de 2009 às 15:07
Isso não é nada Raquel! Isso era mas é com um pau de marmeleiro a ripar naquelas costas... no outro dia esteve quase a levar com o cd dos olinda ou olarinda ou lá o que é, naquela pinha!... livrou-se, porque tem uma conversa estruturada e a gente deixa-se levar... parece sempre que vai acabar por se desculpar... enfim... nao sei como há-de ser...
De Raquel a 18 de Junho de 2009 às 02:11
A Raquel errou: onde se lê "intehttp://serenaoser.blogs.sapo.pt/38335.html?mode=reply#replynções" dever-se-ia ler "com aspirações de Papa".
De sebastiao a 19 de Junho de 2009 às 02:18
realço o facto de ter deixado um livro ao pé da tua sanita.. chamado..."como dominar o mundo" que traça as princpais caracteristicas de ditadores.
cagar é nao fazer nada?? hheheheheh
De JOAO D'ALBUQUERQUE a 21 de Junho de 2009 às 15:00
a sanita é parva!
De JOAO D'ALBUQUERQUE a 21 de Junho de 2009 às 15:08
... e tu deixa lá que não ficas atrás!
De JOAO D'ALBUQUERQUE a 21 de Junho de 2009 às 14:59
pá! escreves "pra" trás! impressionante!...
De Sassmine a 8 de Maio de 2012 às 17:46
jajaaaajajajajaja!!!! Estalinista! :D

Comentar post

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 3 seguidores

.pesquisar

.Agosto 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Casas novas

. O Rei

. Diz o roto ao nú

. A quem serve o populismo?

. Um beijo de parabéns à UG...

. Portugal não é a Grécia e...

. 21 de Outubro: Orson Well...

. Decimatio

. Coincidências felizes

. Ah...a adolescência!

.arquivos

. Agosto 2016

. Janeiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Janeiro 2013

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds