Terça-feira, 28 de Junho de 2011

...

Pois é, já temos novo programa de Governo. Ainda não decidi se suspire profundamente ou se dê mesmo um berro, também ele profundo...

publicado por swashbuckler às 17:12
link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 22 de Junho de 2011

Chico Buarque

 

"Querido Diário", música do novo álbum de Deus. Está para aí a rebentar, a minha excitação também rebentará quando o tiver nas mãos!

publicado por swashbuckler às 17:36
link do post | comentar | favorito

Pensamento do dia 22 de Junho de 2011

Humpf!!!...

publicado por swashbuckler às 02:26
link do post | comentar | favorito
Sábado, 18 de Junho de 2011

...

O livro que eu leio tem marcas no canto das folhas em que o deixaste e seguiste a tua vida, não esperes que ao vê-las eu pare a minha nas suas páginas.

tags:
publicado por swashbuckler às 02:25
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quarta-feira, 15 de Junho de 2011

Bezegol - Rude Sentido

publicado por swashbuckler às 17:59
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 14 de Junho de 2011

Talvez

A excitação da volta a casa já tinha passado. A sua cidade continuava sem lhe sorrir muito e por casa ainda tinha a mãe doente. Daí a dois dias voltava a Londres com a certeza que também por lá se voltaria a sentir deslocado. A única solução era espairecer, vestiu a t-shirt preta, a t-shirt de saír à noite. Não combinou nada com ninguém, despenteou o cabelo e daí a três passos estava no centro da noite com o primeiro fino na mão.Os amigos de sempre estavam nos sítios de sempre mas ele não queria o mesmo de sempre, hoje queria uma noite nova, hoje todas as ruas seriam estranhas.

 

As cervejas foram passando rapidamente e os seus dentes estavam cada vez mais marcados pelo fumo do maço de Camel que ia ficando vazio. Na esquina seguinte uma porta aberta mostrava gente de rastas num enleamento dançante que ele abominava, ”perfeito, desconhecido por inteiro”. Aquela música dava-lhe a volta à paciência e estava só a terminar o fino para sair, só que o destino às vezes funciona e quando pousava o copo foi abordado por dois gajos que lhe disseram achar conhecê-lo de algum lado. Negativo, de qualquer das maneiras “anda conversar que estás com uma cara triste”.

 

Ele foi e ela assustou-se quando o viu aparecer. O rosto dela ficou da cor do seu top vermelho, a cara dele pensou que tinha a noite salva. A animada conversa dos quatro durou até de manhã, ele disse que vivia em Londres, ela que estava migrada na cidade dele, “agora aqui tão perto e afinal tão distantes”, pensaram os dois. Ele disse militar no PSD, os olhos dela reviraram e disseram “cabrão do liberal”, ela respondeu com a afirmação dos seus ideais de esquerda e quando reviraram os olhos dele disseram “puta da comuna”, ainda assim não desistiram e o reencontro dos seus olhos deu-se com o teatro. Ela pisava as tábuas por prazer convicto, ele confessou ter desistido e ter optado por gestão, “o teatro não compra gasolina suficiente para pôr um Porsche a andar”.

 

Ela e os amigos por vezes trocavam segredos, ele não percebia e ignorava, tocou-lhe no ombro e os lábios dela tremeram. Foram dançar os quatro e quando o acaso de um encontrão os deixou abraçados, deram um beijo de mãos, pernas e alma. “Hora de ir embora”, disse o barman, “hora de ir para minha casa”, disse ela. Os quatro
entraram num táxi e as conversas absurdas faziam rir o taxista.

 

Foi de mão dada que passaram a porta de casa e foi assim que foram para o quarto. Ela olhou para os amigos e soltou um estranho ar de triunfo que ele achou desajustado, os dois amigos gargalharam durante muito tempo. A t-shirt preta e o top vermelho ficaram despidos de corpos e foram dormir juntos num canto do quarto enquanto os corpos que vestiam gemiam na colcha branca. Às nove da manhã eles eram um e como tinha sido bom, às dez voltaram a ser. As ideias políticas divergentes são boas para dar tensão na cama.

 

A conversa que se seguiu foi abraçada por quatro braços que se queriam. “com a paixão que tu tens no olhar quando falas do teu trabalho, tenho a certeza que vais ter tudo o que queres na vida”, dizia ele quando um dos dois amigos trincou o lábio depois de entrar no quarto e os ver nús. O amigo desculpou-se e fechou a porta, talvez ela se tenha apaixonado naquele
momento.

 

Quando ele voltava para Glasgow o sono venceu e dentro desse sono talvez ele tenha sonhado com o “espero que sejas feliz” que disseram na despedida, talvez tenha sonhado passeios de mão dada, talvez tenha sonhado com as saudades futuras, talvez tenha sonhado com um pedido de casamento junto ao Douro, talvez fossem mesmo feitos um para o outro ou talvez a perfeição
não exista...

 

publicado por swashbuckler às 18:35
link do post | comentar | favorito
Domingo, 12 de Junho de 2011

...

"A man can be happy with any woman as long as he does not lover her."

 

Oscar Wilde

publicado por swashbuckler às 13:20
link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 10 de Junho de 2011

Pensamento do dia 10 de Junho de 2011

Permita-me discordar de Vossa Excelência!

publicado por swashbuckler às 16:14
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim


. ver perfil

. seguir perfil

. 3 seguidores

.pesquisar

.Agosto 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. Casas novas

. O Rei

. Diz o roto ao nú

. A quem serve o populismo?

. Um beijo de parabéns à UG...

. Portugal não é a Grécia e...

. 21 de Outubro: Orson Well...

. Decimatio

. Coincidências felizes

. Ah...a adolescência!

.arquivos

. Agosto 2016

. Janeiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Janeiro 2013

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds