Domingo, 28 de Fevereiro de 2010

Cores

Era uma vaca verde que pastava num prado azul, o sol castanho brilhava num céu roxo, as flores cinzentas rastejavam perto das árvores grenás.

Os patinhos cor de rosa eram muito mais bonitos que os elefantes vermelhos.

O pensamento colorido de quem escreveu estas linhas está deturpado pelos troca-tintas que alegremente roubam as cores aos nossos olhos.

Pintem a manta por favor, mas de cor de burro quando foge.

Vou dormir e ter sonhos cor de infância, pelo menos assim espero.

publicado por swashbuckler às 03:47
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sábado, 27 de Fevereiro de 2010

Smith

Todos os dias antes de se deitar Smith ouvia música deprimente, assim fechar os olhos e enfiar-se dentro da roupa de cama era mais certo. Se estamos felizes porque raio ir dormir, pensava ele enquanto escutava as primeiras notas da melodia do dia.

Deitava-se na cama de pijama vestido. Os melhores dias eram os de inverno em que o frio lhe atormentava os ossos e as extremidades corporais iam mirrando até se encontrarem no centro de uma barriga gelada.

Assim dormir já fazia sentido.

Como Smith não gostava de voltar a sair da cama só para ir parar o disco, arranjou uma estratégia. Um cordel preso à agulha. Com argúcia o disco cessava de tocar e, desejavelmente, não ficava riscado.

Às vezes não puxava o cordel, deixava a música sonhar com ele durante a noite toda.

 

publicado por swashbuckler às 04:10
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 25 de Fevereiro de 2010

...

A verdade é que isto anda tudo uma grande merda e não vejo maneira de darmos a volta.

A verdade é que isto anda tudo uma grande merda e não vejo maneira de alguém querer dar a volta.

publicado por swashbuckler às 03:59
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Segunda-feira, 22 de Fevereiro de 2010

Smith

Era mais uma insónia. O tecto branco continuava na penumbra mas aquele trémulo brilhar das luzes que vinham da rua perturbava imenso os olhos cerrados de Smith. A falta de dinheiro não deixa que se consertem banalidades dentro de casa.

Mais uma volta na cama, mais uma volta à volta da cama, mais uma volta à volta da cama com a cabeça às voltas.

Smith tropeçou nas pantufas acolchoadas que alguém lhe oferecera num natal distante. Estacou a olhar para o chão, depois fixou a persiana estragada, trocou de roupa e saiu do quarto. Alguns passos à frente ouvia-se no quarto de Smith o bater da porta da entrada.

Smith abandonou o quarto trémulo e fintou a insónia.

 

publicado por swashbuckler às 23:24
link do post | comentar | favorito

...

Só para anunciar que voltei do Porto. Como consequência este blog será novamente actualizado dentro de momentos...

publicado por swashbuckler às 15:37
link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 9 de Fevereiro de 2010

Horóscopo de 8 a 14 de Fevereiro

Esta semana não horóscopo para ninguém, vai andar à deriva para ver o que é bom! Tome lá que é democrático!

publicado por swashbuckler às 00:31
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 7 de Fevereiro de 2010

Hail Bobby!

 

 

 

 

 

Porque ficar de queixo caído e ouvidos aveludados é muito bom! Isto tudo com um sorriso na cara!

publicado por swashbuckler às 17:23
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

...

Ontem voltei a pôr um cd a rodar no leitor de cd's. Nada de música em mp3 a sair das colunas do computador. Descobri que já me tinha esquecido de como é bom ouvir aquele barulhinho, que fica sempre em segundo plano, do cd a ser lido no leitor.

Depois ainda me lembrei de como era bom o barulhinho das cassetes a rodarem, da fita a correr para nos dar música. E no top destes barulhinhos continua, sem dúvida, o som da agulha a raspar o vinil.

O ruído da música a chegar até nós é mágico. 

publicado por swashbuckler às 16:33
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 2 de Fevereiro de 2010

Horóscopo de 1 a 7 de Fevereiro

Saúde: tudo normal e nada de assinalável, veja lá não se desgrace com estes dias de pausa do trabalho!

 

Dinheiro: foi fim do mês, não é preciso dizer mais.

 

Amor: coisa triste o amor, pior ainda o desamor.

publicado por swashbuckler às 01:20
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

.Agosto 2016

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.posts recentes

. Casas novas

. O Rei

. Diz o roto ao nú

. A quem serve o populismo?

. Um beijo de parabéns à UG...

. Portugal não é a Grécia e...

. 21 de Outubro: Orson Well...

. Decimatio

. Coincidências felizes

. Ah...a adolescência!

.arquivos

. Agosto 2016

. Janeiro 2014

. Novembro 2013

. Outubro 2013

. Setembro 2013

. Agosto 2013

. Julho 2013

. Junho 2013

. Janeiro 2013

. Abril 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Maio 2011

. Abril 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Agosto 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds